"Maior fogo de artifício da História" assinala a abertura da Expo 2010 em Xangai

"Maior fogo de artifício da História" assinala a abertura da Expo 2010 em Xangai

 

Lusa / AO online   Internacional   24 de Abr de 2010, 13:00

O “maior fogo de artificio da Historia” assinalará a abertura da Expo2010, na sexta feira à noite, em Xangai, anunciou hoje um jornal de Hong Kong.

O líder local do Partido Comunista, Yu Zhengsheng, disse apenas que o espetáculo terá “surpresas”, o jornal South China Morning Post adiantou que num percurso de três quilómetros ao longo do rio Huangpu serão lançados 70 morteiros de fogo de artifício por segundo durante meia hora.

Comparada com a abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, no verão de 2008, na cerimónia de Xangai serão lançados mais 20.000 morteiros.

Em termos pirotécnicos, a abertura da Expo2010 baterá também o recorde de 66.326 peças, estabelecido em 2006 na Ilha da Madeira, salienta o South China Morning Post.

O espetáculo concebido pelos organizadores da Expo 2010 inclui a utilização de 1.000 projetores de 7 kilowatt controlados por computador, o que constitui outro recorde, disse o jornal.

“A luz (destes aparelhos) pode alcançar a lua”, afirmou um técnico envolvido no projeto.

A Expo2010, que decorrerá de 01 de maio a 31 de outubro, numa área de 532 hectares (dez vezes a Expo 98, em Lisboa), é o maior acontecimento internacional organizado pela China, ao lado dos Jogos Olímpicos de Pequim.

Mais de 240 países e organizações internacionais, um número sem precedentes na história das exposições universais, participam no certame, que é dedicado ao tema “Melhores Cidades, Maior Qualidade de Vida”.

Portugal está representado com um pavilhão de 2.000 metros quadrados com a fachada inteiramente revestida de cortiça.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.