Editorial

Num ápice a pachorrenta e previsível vida política açoriana deu uma reviravolta que tem tanto de inesperado como de inédito. Pela primeira vez desde o 25 de abril um líder partidário é constituído arguido e, contra tudo o que antes havia defendido em relação aos seus adversários...

Opinião

Fim da legislatura – A legislatura da geringonça está a terminar. António Costa inscreveu o seu nome na história política portuguesa por três razões: por ter sido o primeiro líder partidário a perder eleições legislativas, mas conseguir formar governo; por ter destruído o designado “arco da governação”, permitindo ao...

Eduardo Medeiros foi, na sua geração, o cidadão nordestense que mais fez pela terra, pois devotou a sua imensa energia a servir o povo em que nasceu. Pedagogia, municipalismo e gestão foram as áreas onde trabalhou febrilmente para que a décima ilha deixasse de o ser. Ensinou e ensinou sempre. Ensinou os alunos crianças...

Compreendo o ódio de estimação, que o poder político sente pela comunicação social, quando não permite, que as coisas fiquem soterradas no silêncio dos seus gabinetes. Não há dúvida de que, o silêncio é o maior aliado das injustiças. Quebrar o silêncio é obrigar o poder político a dar explicações ou, a perder a face...

O verão é uma época típica de férias, descanso e diversão, mas é também uma altura do ano em que o sol e as temperaturas elevadas deixam, sobretudo, as crianças, os idosos, as grávidas e as pessoas com doenças crónicas mais vulneráveis.
Com medidas gerais muito simples, como atenção à alimentação e à hidratação,...

Aproxima-se o fim do mandato em curso dos Deputados à Assembleia da República e as próximas eleições legislativas estão já marcadas para 6 de Outubro. No velho Palácio das Côrtes dão-se os últimos retoques nos diplomas de redacção mais difícil e tudo se apresta para o fechar das portas da presente legislatura. Ainda...

Os Açores e os agricultores têm de decidir o que querem do seu futuro, de forma muito determinada, fazendo escolhas num novo quadro europeu e num mundo em rápida mudança, que acolhe cidadãos e consumidores com opções muito diversas.
Com um processo negocial à escala da União Europeia, liderado pelo Governo da República,...

Continua na ribalta o efeito do texto de MFB que, supostamente (há quem diga que a intenção foi mesmo a pretendida; que é já a aplicação, em Portugal, das técnicas “Steve Bannonianas”, no que prefiro não acreditar!), apenas se destinava a animar o debate sobre as quotas étnicas e raciais como ferramenta para contribuir...

Quando se fala em fezes, ainda existe alguma vergonha e receio pela maioria da população, mas essa conversa deveria ser algo normal e habitual, principalmente por ser uma forma de entender melhor a saúde do organismo. As características das fezes como consistência, cheiro, coloração e formato devem ser observadas para...

Se percorrermos os principais relatórios mundiais no domínio do turismo, denota-se uma preocupação crescente com as questões da sustentabilidade. Existem mais de 5.000 trabalhos de investigação publicados no domínio da sustentabilidade no turismo, mas são muito poucos os que tentam avaliar a aplicabilidade dos princípios...

Na euforia dos navios de cruzeiro nos nossos portos, exige-se a continuidade de sérios investimentos desta indústria para a redução da sua pegada ambiental.
Não obstante as parcerias estabelecidas com a WWF (World Wildlife Fund) para melhorias na redução dos índices de poluição, ainda andam por aí navios que debitam...

Possuo o mais absoluto respeito pelo senhor Bispo D. Carlos Azevedo, que esteve recentemente na nossa ilha para as comemorações ligadas ao Santuário da Esperança e ao culto do Divino Espírito Santo; aliás muito folgo que a sua inegável autoridade a nível da cultura da Cúria Romana tenha vindo corroborar, sobre os factos,...

Sem paciência para os programas do espetáculo estival, desculturado, efeito secundário da democracia em risco, optei por um singelo preito ao poeta, pastor de gado, “poeta cauteleiro” e referência na criação da quadra em Portugal, António Aleixo. Disse sobre a mentira: “Para a mentira ser segura e atingir profundidade...

O verão chegou e é altura de muitos trabalhadores irem para as suas esperadas e merecidas férias. É tempo de muitos descansarem, de quebrarem as rotinas, de passarem tempo com a família ou simplesmente fazerem o que entendem ser mais importante durante o tempo em que se encontram ausentes do trabalho.
Os tempos mudaram....

Na arquitetura, o uso e a aplicação de materiais não devem ser arbitrários. Os materiais complementam a forma e sublinham características essenciais do edifício. A materialidade da construção emerge quando a matéria torna-se inerente à forma, ou seja, quando estes dois elementos, forma e matéria, tornam-se indissociáveis....

De acordo com a edição de 2018 do Relatório Anual de Monitorização  sobre a violência doméstica, entre 2012 e 2018, num total de 71.752 inquéritos sobre violência doméstica, 78,5% foram arquivados. Apenas 16,7% resultaram em acusação e 4,8% em suspensão provisória do processo. De 9.479 sentenças transitadas em julgado...

As nações são como uma grande família e a sua gestão não é, nas linhas gerais, muito diferente. A regra essencial é trazer para casa mais recursos, nomeadamente financeiros, do que aquilo que despendemos. Parece simples dizê-lo, porque tudo se resume em não gastar mais do que se ganha e conseguir poupar “algum” para...

A semana que passou, no campo mediático, foi marcada pelas reações ao artigo publicado no jornal Público pela historiadora Fátima Bonifácio, que colocou o chamado debate do “Estado da Nação” num segundo plano.
Os programas de comentário, nos diversos canais de notícias da televisão por cabo, na sua grande maioria...

Sim, o estado da Nação é hoje positivo. Objetivamente, tanto no ambiente político como plano económico. Está muito afastado das grandes potências, sim, mas não é esse o nível que lhe é dado alcançar.
Foi avaliado no debate parlamentar que lhe é dedicado. Uma iniciativa da Assembleia da República recente e importada...

Hoje e amanhã são os últimos dias para podermos ligar o 707107069, a troco de 60 cêntimos mais IVA, e assim podermos contribuir para que as Queijadas da Graciosa sejam o representante da doçaria açoriana no concurso “7 maravilhas de Portugal - doces”. Com a firme convicção de que este método de escolha serve unicamente...

As quedas são a segunda causa de morte por lesão. Sendo, por isso, um grave problema de Saúde Pública.
Os idosos constituem o grupo da população em que as quedas são mais numerosas e as suas consequências são mais graves, tanto para a própria pessoa, devido às lesões e incapacidade que podem causar, como para a sociedade,...

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.