Triatlo

Benfica pondera a criação de equipa liderada por Vanessa Fernandes


 

Lusa/AO online   Outras modalidades   26 de Set de 2007, 17:19

O Benfica admite vir a criar uma equipa de triatlo, disse à Agência Lusa o vice-presidente para as modalidades, Fernando Tavares, admitindo que outros atletas se possam vir a juntar à campeã mundial Vanessa Fernandes.
     Depois da aposta na triatleta portuguesa, líder do ranking mundial feminino, Fernando Tavares pondera agora a criação de uma equipa no Benfica, embora as coisas dependam do projecto olímpico do clube, que se encontra em curso.

    "É uma questão que está a ser internamente equacionada, aproveitando os resultados que a Vanessa tem tido. Tem muito a ver com a estrutura que venha a ser montada no nosso projecto olímpico", sublinhou o vice-presidente do Benfica.

    Já este ano o Benfica garantiu também a contratação na área do judo de Telma Monteira, campeã europeia e vice-campeã mundial na categoria de -52 Kg, e integrou no clube, em parceria, a equipa das Construções Norte/Sul.

    No atletismo, modalidade que este ano consagrou o também benfiquista Nelson Évora como campeão mundial do triplo salto, em Osaca, no Japão, Fernando Tavares pretende apostar sobretudo na formação, embora garanta a presença no Nacional de Clubes.

    "Vamos participar no campeonato nacional, não será uma equipa para ganhar, será uma equipa para apostar na qualidade. Temos que dar um pouco de espaço e tempo aos nossos juvenis e juniores e é com eles que estamos a preparar o futuro", disse.

    Fernando Tavares olha ainda para a natação como uma área de investimento, à espera que novos valores possam surgir no futuro, ao contrário das principais modalidades de pavilhão, já cimentadas e a espreitarem títulos.

    O futsal, voleibol, andebol, hóquei em patins, e mesmo o basquetebol, este ano na Proliga, são modalidades que podem trazer títulos e onde o vice-presidente "encarnado" acredita ter argumentos mais fortes para esta época.

    "O que espero é estar nos momentos das decisões e ganhar. O objectivo desportivo destas equipas é ganhar as provas em que participam", sublinhou Fernando Tavares, embora se manifeste consciente das dificuldades que os diferentes campeonatos trarão.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.