Turismo espacial

NASA cancela contrato para desenvolvimento de nave comercial


 

Lusa / AO online   Internacional   19 de Out de 2007, 11:36

A NASA anunciou o fim de um contrato milionário com uma empresa aeroespacial, que não conseguiu assegurar suficiente financiamento privado para desenvolver nova nave comercial.
A Rocketplane Kistler era uma de duas empresas escolhidas pela NASA, no ano passado, para desenvolver e testar a nova nave espacial cuja principal missão seria transportar carga para a Estação Espacial Internacional (EEI).

O Presidente da Rocketplane, George French Jr., afirmou estar confiante em que a empresa ainda participaria no programa da nave espacial da NASA no futuro.

A segunda empresa que recebeu fundos, a Space Exploration Technologies Corp., de El Segundo, Califórnia, cumpriu todos os requisitos técnicos e financeiros, afirmou a NASA.

A agência espacial norte-americana continua empenhada no projecto, segundo o chefe de departamento do programa de Tripulação e Carga Comercial, Alan Lindenmoyer.

A decisão da NASA é o último revés da Rocketplane, que em 2001 tinha anunciado planos para uma empresa de turismo espacial, com recurso a um porto espacial em Oklahoma ocidental, para tornar os voos espaciais tão comuns como os voos aéreos comerciais para aqueles pudessem gastar 140 mil euros num bilhete.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.