Açoriano Oriental
Turismo espacial
NASA cancela contrato para desenvolvimento de nave comercial
A NASA anunciou o fim de um contrato milionário com uma empresa aeroespacial, que não conseguiu assegurar suficiente financiamento privado para desenvolver nova nave comercial.

Autor: Lusa / AO online
A Rocketplane Kistler era uma de duas empresas escolhidas pela NASA, no ano passado, para desenvolver e testar a nova nave espacial cuja principal missão seria transportar carga para a Estação Espacial Internacional (EEI).

O Presidente da Rocketplane, George French Jr., afirmou estar confiante em que a empresa ainda participaria no programa da nave espacial da NASA no futuro.

A segunda empresa que recebeu fundos, a Space Exploration Technologies Corp., de El Segundo, Califórnia, cumpriu todos os requisitos técnicos e financeiros, afirmou a NASA.

A agência espacial norte-americana continua empenhada no projecto, segundo o chefe de departamento do programa de Tripulação e Carga Comercial, Alan Lindenmoyer.

A decisão da NASA é o último revés da Rocketplane, que em 2001 tinha anunciado planos para uma empresa de turismo espacial, com recurso a um porto espacial em Oklahoma ocidental, para tornar os voos espaciais tão comuns como os voos aéreos comerciais para aqueles pudessem gastar 140 mil euros num bilhete.
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.