Justiça

Camacho condenado a quatro anos e seis meses e prisão


 

Lusa / AO online   Nacional   11 de Nov de 2009, 14:28

O Tribunal de São João Novo condenou esta quarta-feira a quatro anos e seis meses de prisão efectiva o arguido Paulo Camacho, num processo da Noite Branca relativo a tráfico de droga.
Os restantes três arguido - Fernando ‘Beckham’, Mauro Santos e Paulo Aleixo - que também se encontram a ser julgados no processo do homicídio do segurança Ilídio Correia, foram absolvidos por falta de prova.

Em causa estavam cerca de dois quilos de cocaína guardados num vão de escadas de um prédio da Rua dos Mercadores, Porto, e encontrados durante a operação ‘Noite Branca’ realizada pela PJ a 16 de Dezembro de 2007.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.