Caso Scolari sob investigação

UEFA abre inquérito sobre incidente entre Scolari e Dragutinovic


 

Lusa/AO   Futebol   13 de Set de 2007, 15:44

A UEFA anunciou hoje que vai instaurar um inquérito ao incidente que envolveu o seleccionador de Portugal, Luiz Felipe Scolari, e o futebolista sérvio Dragutinovic, no final da partida de qualificação para o Euro2008.
    No site oficial do organismo, lê-se que “a investigação vai focar-se no incidente envolvendo o treinador de Portugal Luiz Felipe Scolari e o jogador sérvio Ivica Dragutinovic”.

    De acordo com uma fonte da UEFA, contactada pela Agência Lusa, a pena para "jogadores, treinadores ou participantes do encontro" que agridam um adversário durante um encontro "pode ir de uma multa até à suspensão".

    No entanto, e segundo o artigo 15 do Código Disciplinar da UEFA, a pena de Luiz Felipe Scolari, caso seja considerado culpado por ter agredido um jogador, poderá passar pela irradiação de "qualquer actividade ligada ao futebol", como punição mais grave.

    Também o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madaíl, vai propor à Direcção do organismo a instauração de um inquérito aos factos ocorridos no jogo Portugal-Sérvia (1-1), do Grupo 3 de qualificação para o Europeu2008, anunciou o portal da FPF.

    No final do encontro, Scolari negou ter agredido o defesa sérvio, dizendo que apenas se defendeu, mas as imagens televisivas mostram o técnico, campeão do Mundo pelo Brasil em 2002, a tentar agredir Dragutinovic com um soco na cara.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.