Escritor Joel Neto enaltece homem "diferente entre iguais"


 

Lusa/AO Online   Regional   18 de Jul de 2019, 15:30

O escritor açoriano Joel Neto lembrou o eurodeputado eleito pela região André Bradford, falecido esta quinta-feira, como um homem "diferente entre iguais" de quem não se esquecerá.

"Não me alongarei em epitáfios, de que neste caso seria o mais irrelevante autor, mas quero deixar expresso que encontrei sempre no André um homem diferente entre iguais – politicamente, socio-economicamente, estética e intelectualmente. E foi inspirador assistir, nos últimos anos, ao seu rejuvenescimento, tão paradoxal e cruelmente interrompido agora", frisa Joel Neto, em texto publicado na rede social Facebook.

O escritor deixa o seu "profundo lamento" à família, ao PS/Açores e à classe política regional, que "tantas vezes" tem criticado, mas a "cujo choque" se diz hoje unir.

"Não me esquecerei dele. Para um ateu, creio que é o melhor que se pode prometer. E que não nos esqueçamos dele, os da minha geração e os das outras, o melhor que se pode desejar", concretiza.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.