Açoriano Oriental
Prisão preventiva para suspeito de abuso sexual da enteada e sobrinhas nos Açores

Um homem de 59 anos ficou em prisão preventiva nos Açores por ser suspeito de abusar sexualmente da enteada e de duas sobrinhas entre os 7 e os 14 anos, revelou a Polícia Judiciária (PJ).

Prisão preventiva para suspeito de abuso sexual da enteada e sobrinhas nos Açores

Autor: Lusa/AO Online

Segundo o Departamento de Investigação Criminal dos Açores da PJ, o homem foi detido "pela presumível prática de crimes de abuso sexual de crianças agravado e de atos sexuais com adolescentes”.

"Os abusos ocorreram no grupo Central" (composto pelas ilhas Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial) do arquipélago, "quando as vítimas tinham 7, 12 e 14 anos", indica o comunicado.

A polícia acrescenta que "o agressor tirou partido da relação familiar de proximidade para sujeitar as menores a atos sexuais de relevo".

Depois de presente a interrogatório judicial, ficou em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados