Festival leva jazz a três ilhas dos Açores em novembro

Festival leva jazz a três ilhas dos Açores em novembro

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   30 de Out de 2013, 10:22

A edição 2013 do Festival Jazzores, que decorre em novembro em três das nove ilhas açorianas, vai reunir em palco "o melhor da música europeia e americana", interpretada por músicos conceituados dos dois lados do Atlântico.

O festival de jazz, que começou há 14 anos em S. Miguel, estende-se este ano também às ilhas de Santa Maria e Faial, contando o cartaz com as atuações da pianista Ursula Oppens e o duo Maya Homburgerr (violinista) e Barry Guy (contrabaixista).

“Dia 6 em Santa Maria, na Biblioteca Pública, na sexta-feira, 8 de novembro, no Teatro Faialense [ilha do Faial] e depois a 9 e 10 aqui, no Teatro Micaelense [S. Miguel]”, afirmou à Lusa Rui Melo, da Associação Cultural Jazzores.

Rui Melo admitiu que este ano o cartaz e a própria abrangência territorial do festival teve de ser reduzida devido aos cortes financeiros, pelo que “não foi possível estender por mais dias o festival, nem trazer mais músicos e espetáculos a outras ilhas”.

Para a organização, o festival constitui uma oportunidade de o público açoriano “descobrir ou ouvir um género musical com futuro”, lançar sementes para conquistar novos públicos a meio do Altântico.

“Os Açores, como já foram uma ponte dos descobridores entre a Europa e a América, agora são também uma ponte da música entre a Europa e a América. Este é o caminho do futuro. É a música que vamos ouvir mais e mais no futuro”, disse Rui Melo.

A pianista Ursula Oppens, três vezes nomeada aos prémios Grammy, já tocou com as grandes orquestras mundiais, incluindo as filarmónicas de Nova Iorque e de Los Angeles, a Orquestra Sinfónica de Boston, a Orquestra Sinfónica de Berlim e a Orquestra Filarmónica de Londres, entre outras.

Rui Melo revelou que a atuação da pianista será dedicada ao compositor Elliott Carter, enquanto o duo Homburgerr/Guy vai explorar a música barroca em contexto de improvisação livre.

Barry Guy é um virtuoso contrabaixista e compositor, cuja diversidade criativa atinge os campos do jazz, música de câmara e orquestra. É o fundador da London Jazz Composers Orchestra e da BGNO (Barry Guy New Orchestra).

Maya Homburger nasceu e foi educada na Suíça. Em 1986, mudou-se para Inglaterra para fazer parte da English Baroque Soloists de John Eliot Gardiner. Com Barry Guy formou a editora discográfica MAYA Recordings, que se especializou em música de câmara e recitais a solo.

O festival é organizado pela Associação Cultural Jazzores e conta com a coprodução do Teatro Micaelense.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.