Medidas de austeridade

Sócrates garante que sobretaxa de IRS só será cobrada a partir de Junho


 

Lusa / AO online   Economia   19 de Mai de 2010, 16:26

O primeiro-ministro, José Sócrates, garantiu esta quarta-feira que a sobretaxa de IRS será cobrada apenas a partir de 1 de Junho e sem efeitos retroactivos
"Não há retroactividade (...) É um imposto adicional e extraordinário que será cobrado a partir de 1 de Junho", garantiu o primeiro-ministro, no final de uma reunião de concertação social.

"Aplicando-se esta medida nos rendimentos das pessoas, só faz sentido aplicá-la para a frente", disse José Sócrates.

O Ministério das Finanças garantiu, num comunicado, que "as novas taxas de IRS, integrantes do pacote de medidas adicionais, tendo embora aplicação na liquidação de IRS respeitante a todo o ano de 2010, apenas incidirão sobre a parcela do rendimento angariada a partir de 1 de Junho, tal como sucederá com as novas tabelas de retenções na fonte".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.