Ambiente

Maior Araucária da Europa está na Lagoa das Furnas

Maior Araucária da Europa está na Lagoa das Furnas

 

Lusa / AO online   Regional   16 de Jan de 2010, 07:00

A maior árvore Araucária da Europa e, provavelmente, a segunda maior do mundo, centenária e com mais de 50 metros de altura, foi descoberta durante trabalhos de limpeza na margem sul da Lagoa das Furnas, em S. Miguel.

A árvore, que aguarda classificação como Imóvel de Interesse Público, "chamou a atenção pelo seu porte" durante os trabalhos de limpeza de uma antiga mata, no âmbito das obras de requalificação das margens da Lagoa das Furnas.

"Na altura, vimos que havia um exemplar de Araucária de grande porte, pelo que desenvolvemos esforços no sentido da sua classificação", afirmou Hélia Palha, administradora da Sociedade de Promoção e Gestão Ambiental (SPRAçores), em declarações à Lusa.

O exemplar, da espécie 'Araucária heterophylla', tem "entre 150 a 200 anos", medindo 50,10 metros de altura e 1,90 metros de diâmetro.

A 'Araucária heterophylla' é uma árvore que pode ser encontrada em várias regiões do mundo, desde as zonas mais frias até às mais quentes, podendo ser vista em cidades como o Rio de Janeiro ou em ilhas do Pacífico como a Nova Caledónia.

A designação desta espécie (heterophylla significa 'diferentes folhas') resulta da variação das folhas entre as plantas jovens e as adultas.

As folhas desta árvore são agulhas com cerca de um centímetro de comprimento nas plantas jovens, que crescem até aos 10 centímetros quando atingem a idade adulta, altura em que abrem e libertam pinhões que são comestíveis.

As araucárias, um género de árvores coníferas de que existem 19 espécies, caracterizam-se por terem troncos verticais e ramos simétricos, mesmo em zonas onde os ventos podem atingir velocidades mais elevadas.

Quando estiver concluído o processo de classificação do exemplar que se encontra na Lagoa das Furnas, a Araucária passará a ter uma placa identificativa, disponibilizando informações aos visitantes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.