Submarinos

Durão Barroso nega "qualquer intervenção directa" na compra de submarinos

Durão Barroso nega "qualquer intervenção directa" na compra de submarinos

 

Lusa / AO online   Nacional   31 de Mar de 2010, 12:31

Durão Barroso esclareceu esta quarta-feira, em Bruxelas, através da sua porta-voz, que "não teve qualquer intervenção directa ou pessoal" no caso da compra dos submarinos, além da participação na decisão tomada colectivamente em Conselho de Ministros.
"Venho esclarecer que o Dr. José Manuel Durão Barroso se abstém de qualquer comentário a um caso que corre actualmente na justiça alemã", disse à Agência Lusa Leonor Ribeiro da Silva, porta-voz do presidente da Comissão Europeia.

Leonor Ribeiro da Silva acrescentou que Durão Barroso "quer, no entanto, clarificar que, para além da participação na decisão tomada colectivamente em Conselho de Ministros, ele não teve qualquer intervenção directa ou pessoal neste âmbito".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.