Jornadas de Direito Penal

Associação de Juízes defende competências especializadas no Tribunal de Ponta Delgada

Associação de Juízes defende competências especializadas no Tribunal de Ponta Delgada

 

Lusa / AO online   Regional   7 de Mai de 2010, 18:13

O presidente da Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) defendeu esta sexta-feira a transformação dos cinco juízos de competência genérica do Tribunal de Ponta Delgada em juízos especializados de competência cível e criminal, para aumentar a capacidade de resposta.
"Se os cinco juízos de competência genérica que hoje existem forem transformados em dois juízos de competência cível, dois de competência criminal e um juízo de instrução criminal, os cidadãos de Ponta Delgada conseguirão ter uma justiça melhor e mais rápida", afirmou António Martins.

O presidente da ASJP falava aos jornalistas em Ponta Delgada, à margem da sessão de abertura das Jornadas de Direito Penal que decorrem até sábado nos Açores sobre o tema "Crimes no seio da família e sobre menores".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.