Primeiro-ministro confiante de que défice em 2017 vai ficar abaixo de 1,4%

Primeiro-ministro confiante de que défice em 2017 vai ficar abaixo de 1,4%

 

Lusa/AO online   Economia   19 de Dez de 2017, 18:49

O primeiro-ministro, António Costa, manifestou-se hoje confiante de que o défice de Portugal este ano vai ficar abaixo dos projetados 1,4%, num discurso em que defendeu que a mudança a operar em Portugal ter se ser "sustentável".

António Costa falava em São Bento, durante uma audiência concedida ao Conselho da Diáspora Portuguesa, depois de o presidente desta entidade, o empresário Filipe de Botton, se ter congratulado por Portugal estar "muito diferente hoje em comparação com 2013".

O primeiro-ministro discursou logo a seguir para reiterar a tese do empresário, começando por salientar a necessidade de Portugal "dar continuidade a uma mudança que seja sustentável".

"Portugal saiu este ano do Procedimento por Défice Excessivo [na União Eurpopeia9, duas agências de 'rating' tiraram o país do nível de lixo, temos melhores condições de financiamento [nos mercados], o investimento privado bateu recordes, o desemprego continua a descer e o défice será este ano mais baixo do que o valor inicialmente estimado pelo Governo, que era de 1,5%. Depois a meta passou para 1,4%, mas o défice vai ficar abaixo de 1,4%", declarou António Costa.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.