Açoriano Oriental
Portugal sofre primeira derrota de sempre na Liga das Nações e falha fase final

A seleção portuguesa foi afastada este sábado da fase final da segunda edição da Liga das Nações, ao ‘cair’ (1-0) em casa frente à França – apurada para a ‘final four’ -, na primeira derrota sempre da equipa lusa na competição.

Portugal sofre primeira derrota de sempre na Liga das Nações e falha fase final

Autor: AO Online/ Lusa

No Estádio do Luz, em Lisboa, o duelo da quinta jornada foi determinante para as contas do Grupo 3 da Liga A, com a equipa gaulesa, campeã mundial, a garantir o primeiro lugar, afastando os atuais detentores do título da mais recente prova da UEFA.

Um mês depois do ‘nulo’ no Stade de France, um golo de N’Golo Kanté, aos 53 minutos, selou o triunfo dos franceses, que passaram a somar 13 pontos, mais três do que Portugal, e com vantagem no confronto direto.

Com tudo decidido no topo do grupo, Portugal e França vão ter ainda um papel determinante na luta pela descida à Liga B, com Suécia e Croácia empatados com três pontos, depois do triunfo dos escandinavos sobre os vice-campeões mundiais, em Solna, por 2-1.

Na última ronda, Portugal vai a Split defrontar os croatas, enquanto a França recebe os suecos, em Saint-Denis.

Igualmente na Liga A, a Alemanha assumiu a liderança do Grupo 4, depois de receber e vencer a Ucrânia por 3-1, aproveitando da melhor forma o empate da Espanha na Suíça (1-1).

Em Leipzig, o avançado Timo Werner assinou um ‘bis’, aos 33 e 64 minutos, e foi a figura da partida, enquanto Leroy Sane fez o outro golo dos germânicos, aos 23. O extremo do Bayern Munique foi substituído aos 86 minutos por Waldschmidt, jogador do Benfica.

A Ucrânia, que ficou afastada da luta pelo apuramento, até chegou a estar em vantagem no marcador, com um golo de Yaremchuk, aos 12 minutos.

A Alemanha passou a somar nove pontos na liderança, mas um do que a Espanha, segunda classificada, que foi a Basileia empatar, num jogo para recordar e esquecer para Sérgio Ramos.

O capitão da ‘roja’ tornou-se no jogador europeu com mais internacionalizações, somando 177 e ultrapassando o guardião italiano Gianluigi Buffon, mas falhou duas grandes penalidades, aos 57 e 80 minutos, com a sua equipa em desvantagem.

Com Seferovic, avançado do Benfica, na equipa titular, a Suíça colocou-se na frente do marcador por Freuler, aos 26 minutos, mas Moreno, aos 89, salvou a Espanha da derrota, numa altura em que os helvéticos já atuavam com menos uma unidade, por expulsão de Elvedi, aos 79.

Na Liga C, Montenegro assumiu o comando isolado do Grupo 1, com 10 pontos, e ficou mais perto da subida, com um ‘nulo’ no Azerbaijão, beneficiando do desaire (2-1) do Luxemburgo, que continua com nove, no Chipre.

Na última ‘divisão’, a Liga D, Ilhas Faroé, no Grupo 1, e Gibraltar, no Grupo 2, falharam a possibilidade de carimbar já a subida de escalão, com empates na Letónia (1-1) e San Marino (0-0), respetivamente.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.