UE e CPLP assinam em Novembro memorando de entendimento


 

Lusa / AO online   Internacional   31 de Out de 2007, 18:53

A União Europeia (UE) e a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) vão assinar, a 7 de Novembro próximo, em Lisboa, um memorando de entendimento que definirá as relações entre as duas organizações, disse à Agência Lusa fonte oficial.
Segundo o secretário-executivo da CPLP, Luís Fonseca, o memorando é um "quadro amplo" que irá permitir, designadamente, a participação em acções que são promovidas ou financiadas pela UE nos países de Língua Portuguesa "nas áreas que forem consideradas úteis ou nas quais a CPLP pode participar ou fazer a diferença".
"Neste momento não se pode falar em montantes. Estamos a falar apenas de um quadro e, depois deste quadro, no seu âmbito, iremos discutir projectos e programas de cooperação. Permitirá fixar quais os princípios que vão reger as relações entre a CPLP e a União Europeia", disse.
Fonte do secretariado executivo da CPLP disse à Lusa que as principais áreas de intervenção da cooperação europeia passam por projectos ligados à consolidação da democracia, ao respeito pelos Direitos Humanos e à prevenção, gestão e resolução de conflitos.
Outras áreas de cooperação com os "oito" - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste - são a diversidade linguística e cultural, educação, formação profissional e juventude, desenvolvimento económico e social e sociedade da informação.
No mesmo âmbito, e também no mesmo dia, a UE vai também assinar idêntico documento com os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP - Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe).
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.