Tibério Dinis destaca vertentes social e humana na construção de uma sociedade mais coesa para o futuro

Tibério Dinis destaca vertentes social e humana na construção de uma sociedade mais coesa para o futuro

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   12 de Ago de 2019, 15:02

“A aposta no desenvolvimento das vertentes social e humanista é essencial na construção de uma sociedade mais justa e coesa”. A ideia foi transmitida por Tibério Dinis, presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, no âmbito do 157º aniversário do Lar D. Pedro V, que decorreu no passado sábado, nas instalações desta entidade.

Segundo o autarca “existe todo um trabalho, que deve ser contínuo, a ser efetuado junto das novas gerações no sentido de reforçar a qualidade de vida dos idosos. A aposta no reforço das vertentes humanista e social é um dos pilares estratégicos e essenciais à coesão local, contribuindo para a troca de experiências extremamente enriquecedoras entre adultos e seniores, uma medida transversal a todas as entidades que prestam estes serviços”, disse citado em nota de imprensa.


Tibério Dinis referiu que “hoje é o dia em que se assinala o percurso, a história desta entidade. São muitos anos a trabalhar no apoio social, garantindo a criação de momentos únicos diariamente junto de quem mais necessita, e isso é louvável, especial e um autêntico exemplo, fruto do trabalho desenvolvido por uma vasta equipa de pessoas responsáveis por uma função muito especial, a de cuidar do próximo”.


O presidente da autarquia enalteceu ainda o trabalho de Hélio Melo, um emigrante praiense residente em Boston e responsável pela organização dos convívios da Praia da Vitória em Nova Inglaterra há 20 anos, que numa recolha de fundos, e com o apoio de uma vasta equipa, atribuíram 18 mil dólares ao Lar D. Pedro V.


“Gostaria de enaltecer o trabalho de Hélio Melo, da sua equipa e de toda a comunidade no apoio a esta instituição e dinamização das Festas da Praia, uma componente que nunca antes tinha sido realizada, concretamente a nível social. Testemunhei, durante a minha ida aos Estados Unidos da América, a forma real, sincera, leal e frontal com que a nossa comunidade na Nova Inglaterra se mobilizou neste apoio. Estão todos de parabéns, demonstraram um amor à Praia da Vitória e uma enorme dedicação aos praienses porque apoiar esta instituição é apoiar os seus utentes, os de agora e os do futuro que utilizarão estas instalações”, concluiu.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.