Município da Povoação adota taxa turística para alojamento no concelho

Município da Povoação adota taxa turística para alojamento no concelho

 

Lusa/AO Online   Regional   22 de Out de 2019, 09:26

O município da Povoação, nos Açores, aprovou em reunião de câmara, a aplicação de uma taxa turística de dois euros por noite, até ao máximo de três noites, para os alojamentos no concelho, anunciou a autarquia.

Segundo uma nota de imprensa, o executivo, liderado pelo socialista Pedro Melo, explicou que ficou definido que serão cobrados dois euros por noite até um máximo de três noites para os diferentes tipos de alojamento e um euro por noite, também até um máximo de três noites, para os parques de campismo.

Esta solução permite que, mesmo que o turista pernoite uma semana, pague apenas as primeiras três noites, sendo que a aplicação da taxa turística, à semelhança de várias cidades do país, prende-se com a “necessidade da autarquia fazer face ao aumento das despesas refletidas pelo crescimento do turismo no município”.

É no concelho da Povoção que está localizado o vale das Furnas, um dos principais pontos turísticos dos Açores.

Para o executivo, pretende-se “continuar a garantir e, se possível, melhorar a qualidade de vida dos munícipes, sem descurar de prestar um serviço de competência” a quem visita o concelho.

Ainda não foi definida uma data para a aplicação desta taxa turística na Povoação, uma vez que, antes de ser implementada, está sujeita a uma fase de discussão pública e só, posteriormente, será submetida à apreciação e votação na Assembleia Municipal.

O município deliberou ainda aprovar a subida de um euro para as entradas na zona dos cozidos da Lagoa das Furnas, que, assim, passam de dois para três euros, mas só para turistas, sendo que os residentes nos Açores continuam isentos desta taxa, que será aplicada a partir de janeiro de 2020.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.