Açoriano Oriental
Investimento de 1,2 milhões de euros para criar Academia do Chocolate em Óbidos

O Turismo de Portugal e a Câmara de Óbidos formalizaram hoje um protocolo para a criação de uma Academia Internacional do Chocolate na Escola de Hotelaria e Turismo da vila, num investimento de 1,2 milhões de euros.

Investimento de 1,2 milhões de euros para criar Academia do Chocolate em Óbidos

Autor: Lusa /AO Online

O projeto de criação de “uma academia de nível internacional no domínio do chocolate marca o arranque da requalificação das 12 escolas de Hotelaria e Turismo do país”, anunciou o presidente do Turismo de Portugal, Carlos Abade, em Óbidos, no distrito de Leiria, onde foi formalizado o protocolo de parceria com a autarquia.

A requalificação do edifício do polo de Óbidos da Escola de Hotelaria e Turismo implica um investimento de 1,2 milhões de euros, parte do qual destinado à modernização de “equipamentos bastante exigentes”, dado a escola ser particularmente “vocacionada para a área da pastelaria e da chocolataria”, disse à agência Lusa a responsável pela direção de gestão de competências e capacitação das escolas de turismo, Ana Paula Pais.

O projeto, que deverá ficar concluído no final de 2025, será “uma enorme oportunidade de aumentar a ligação às empresas, a somar àquilo que é a formação inicial”, ministrada anualmente a duas turmas de pastelaria, num total de 40 alunos por ano, explicou o diretor da escola, Daniel Pinto.

O objetivo será “reforçar muito um plano permanente de formação executiva para os profissionais” e afirmar a escola “como uma referência” ao nível da chocolataria, acrescentou o responsável, sublinhando a ligação ao Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, realizado anualmente na vila.

Além da intervenção nesta escola, está ainda prevista a requalificação do polo das Caldas da Rainha, mais vocacionada para a cozinha, num investimento estimado de 1,8 milhões de euros, ainda sujeito a eventuais atualizações.

O investimento nos dois polos da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste insere-se num orçamento total de 30 milhões de euros, para a requalificação das 12 escolas do Turismo de Portugal.



PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados