Açoriano Oriental
Escola do Mar dos Açores, inaugurada há seis meses, ainda não está certificada

A Escola do Mar dos Açores, inaugurada há seis meses na cidade da Horta, pelo ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, não está ainda certificada como estabelecimento de ensino e não tem também licença de utilização.

Escola do Mar dos Açores, inaugurada há seis meses, ainda não está certificada

Autor: Lusa/AO Online

"Em boa verdade, existe o edifício, ótimas instalações, com o que de melhor há a nível mundial, nomeadamente em equipamentos noruegueses e russos, mas o que é certo, é que a escola, como estabelecimento de ensino apto a iniciar a sua atividade, ainda não existe", disse aos jornalistas o secretário regional do Mar do Governo dos Açores, Manuel São João, no final de uma visita ao local.

Além do necessário licenciamento como estabelecimento de ensino, a Escola do Mar dos Açores, cujas obras de adaptação custaram sete milhões de euros, não tem também licença de utilização, porque não passou na vistoria, devido a falhas em matéria de segurança.

"Em primeiro lugar, temos de certificar a escola, o que não é simples, porque não temos, por exemplo, licença de utilização. Existem algumas deficiências de obra, que têm a ver com a segurança, por isso, temos de ultrapassar essas questões, para só depois podermos divulgar a oferta formativa da própria escola", admitiu o governante.

Apesar das falhas encontradas na Escola do Mar dos Açores, Manuel São João não aponta críticas ao anterior executivo socialista, que inaugurou as instalações, admitindo mesmo que existem procedimentos que são sempre demorados.

"Houve aqui muito boa intenção por parte do anterior governo em prosseguir com este investimento aqui no Faial e temos de convir que estas coisas são morosas por natureza", adiantou Manuel Humberto São João, lembrando que "houve que apetrechar a escola com equipamentos" e que esses procedimentos são sempre "morosos".

Apesar da ausência de vistoria e de licenciamento do edifício da Escola do Mar dos Açores, o novo secretário regional do Mar quer iniciar, o quanto antes, a formação para pescadores na região.

"Estamos a tentar estabelecer parcerias com diversos parceiros que nos podem trazer formadores, já nos próximos meses, aqui às instalações da Escola do Mar dos Açores, por forma a iniciarmos uma atividade de formação de marítimos, a quem é necessário dar, de imediato, resposta", insistiu o governante.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados