Vaticano proibe padre de leccionar


 

Lusa / AO Online   Internacional   22 de Ago de 2008, 06:33

O Vaticano ordenou a um sacerdote do Norte da Argentina que abandone o ensino universitário e evite publicar artigos, por não acreditar na existência de Adão e Eva, de acordo com meios de informação locais.
    A Santa Sé decidiu que o padre Ariel Alvarez Valdês, Doutor em Teologia Bíblica, deve abandonar toda a actividade de ensino na Universidade Católica de Santiago del Estero e no Seminário Diocesano da Catequese.

    O padre decidiu acatar as indicações do Vaticano afirmando que não irá "dar mais palestras" e que ficará apenas pelas "actividades sacramentais".

    A resolução, assinada pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone Valdes, também proíbe a publicação de artigos de jornal e comentários na rádio e televisão mas permite-lhe continuar a celebrar missa.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.