Taxa de Poupança deve subir em 2013 mas na década de 1970 era mais do dobro

Taxa de Poupança deve subir em 2013 mas na década de 1970 era mais do dobro

 

Lusa/AO online   Economia   31 de Out de 2012, 06:37

A taxa de poupança dos portugueses deverá recuperar ligeiramente no próximo ano, mas continuará a ser menos de metade das taxas que se registavam nos anos 1970 e 1980.

A taxa de poupança bruta - percentagem do rendimento disponível das famílias que é aforrado - em Portugal foi 9,7% em 2011, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). O Banco de Portugal (BdP) prevê que este ano a taxa desça uma ou duas décimas, recuperando menos de um ponto percentual em 2013.

Em 1972, segundo dados do INE e do BdP, a taxa de poupança atingia os 24,8%. Até meados de 1980, a taxa manteve-se acima ou muito perto dos 20%.

Depois da adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia (1986), contudo, começou a haver uma tendência de quebra. Embora o rendimento disponível aumentasse, o consumo aumentava mais rapidamente, e o endividamento também - sobretudo através do recurso generalizado ao crédito à habitação.

Estes fatores limitaram a fatia do rendimento disponível para poupar. No início do século XXI, a taxa de poupança já só estava nos 10,7%. Em 2007, desceu até aos 7%. Apesar de uma recuperação em 2009, continuou a estar abaixo dos dois dígitos.

O BdP prevê que no próximo ano a taxa de poupança suba: “Para além da manutenção de elevados níveis de poupança associada à necessidade de fazer face às amortizações de crédito, as perspetivas de redução do rendimento permanente e a incerteza quanto à evolução das condições no mercado de trabalho deverão induzir uma reavaliação das decisões de consumo, incentivando um aumento da poupança por medidos de precaução.”

Ou seja, o pagamento de créditos e os receios perante o aumento do desemprego farão a taxa de poupança crescer, mesmo num contexto de redução dos rendimentos. Note-se contudo que esta previsão do BdP consta do boletim económico de verão do Banco, divulgado antes de serem conhecidas as medidas do orçamento do Estado para 2013.

Hoje comemora-se o dia mundial da poupança.

Em Portugal, a data será assinalada através de uma série de iniciativas ao abrigo do Plano Nacional de Formação Financeira. Estas iniciativas, que incluem conferências e ‘workshops’ sobre literacia financeira, serão promovidas em Lisboa e no Porto pelo BdP, pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e pelo Instituto de Seguros de Portugal (ISP).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.