Açoriano Oriental
Ribeira Grande mantém aposta em eventos que dinamizam a economia local

O presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, reuniu com os empresários do concelho no Teatro Ribeiragrandense para lhes apresentar a proposta do calendário de eventos para o ano em curso e recolher contributos que possibilitem a melhoria do trabalho que tem vindo a ser realizado ao nível da programação cultural.

article.title

Foto: CMRG
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Na presença de cerca de duas dezenas de empresários e acompanhado pelo vereador da Cultura, Desporto e Juventude, Filipe Jorge, o edil manifestou a intenção da autarquia em “continuar a apostar eventos que dinamizam o comércio local e que representam um importante retorno financeiro para os comerciantes", disse citado em nota.

Alexandre Gaudêncio destacou que “a monitorização dos eventos realizados em 2019 revelou um retorno para a economia da Ribeira Grande na ordem dos 1,5 milhões de euros”, realçando, por via disso, e não, a importância de “mantermos, em 2020, um programa cultural intensivo que contribua para a dinamização do comércio local”.

De acordo com o presidente da autarquia da Ribeira Grande, já deram entrada nos serviços camarários cerca de "vinte projetos para licenciamento de novos empreendimentos num total de investimento que ronda os 100 milhões de euros". A este propósito, acrescentou que “as dinâmicas que introduzimos no concelho permitiram crescer em termos de alojamentos locais, passando de 13 disponíveis em 2013 para os 160 existentes na atualidade".

A aposta nos eventos apresenta “resultados claros e inequívocos no crescimento da economia da Ribeira Grande”, apontou Alexandre Gaudêncio, que mantém a preocupação de “ouvir os empresários para podermos ir ao encontro das suas expetativas e conseguirmos trazer mais pessoas e garantir que permaneçam mais tempo no concelho.”

Em termos de eventos, a principal novidade prende-se com as comemorações dos vinte anos de reinauguração do Teatro Ribeiragrandense, programa que apresenta vinte eventos que se realizarão entre 27 de março e 5 de maio. A Festa da Flor (8 a 10 de maio), as marchas de São Pedro (28 de junho), Cavalhadas (29 de junho), Feira Quinhentista (6 a 12 de julho) e a Aldeia de Natal (dezembro) são as referências para o ano em curso, para além de um conjunto de eventos desportivos, musicais e recreativos de que a autarquia é parceira.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.