Procura de empréstimos para habitação deve baixar no 4º trimestre


 

Lusa / AO online   Economia   8 de Out de 2007, 17:52

A procura de empréstimos para habitação em Portugal deve baixar no quarto trimestre do ano, de acordo com um inquérito aos bancos sobre o mercado de crédito hoje divulgado pelo Banco de Portugal.
    Na análise, que assenta num inquérito feito aos cinco maiores grupos bancários portugueses, estas instituições dizem que durante o último trimestre é de esperar "uma redução da procura de empréstimos" por parte de empresas e de particulares para a compra de habitação.

    Para o mesmo período e à semelhança do que se verificou já no terceiro trimestre, os bancos esperam aumentar as restrições dos critérios na aprovação de empréstimos, dada a turbulência nos mercados de crédito associado aos problemas do crédito hipotecário de alto risco dos EUA.

    Esse efeito far-se-á sentir tanto nos empréstimos a particulares como a empresas, segundo os bancos inquiridos, independentemente da dimensão da empresa e da finalidade do empréstimo.

    No crédito ao consumo, a expectativa é de aumento da procura entre Outubro e Dezembro, segundo os dados do Banco de Portugal.

    Os bancos reconhecem que as restrições que devem ocorrer na concessão de crédito reflectem as "dificuldades antecipadas no acesso ao financiamento por parte dos bancos", tanto ao nível do mercado monetário como de operações de titularização (venda de créditos a terceiros).
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.