Açoriano Oriental
Operário fez valer a lei do mais forte no único jogo da jornada

Operário ganhou ao Vitória, por 1-3, naquele que foi o único jogo realizado na terceira jornada do campeonato dos Açores

Operário fez valer a lei do mais forte no único jogo da jornada

Autor: Arthur Melo

O Operário isolou-se na liderança do Campeonato de Futebol dos Açores, depois de vencer o único desafio da terceira jornada que se disputou este fim de semana. 

O mau tempo que assola o arquipélago desde a passada sexta-feira provocou diversos cancelamentos nas ligações aéreas entre as ilhas, pelo que os embates Urzelinense - Angrense, Guadalupe - São Roque, União Micaelense - Praiense e Benfica Águia - Lajense tenham sido todos adiados. 

O Guadalupe - São Roque está marcado para 7 de janeiro, mas os restantes aguardam data para se realizar. 

No Pico da Pedra, e num jogo  que começou com meia hora de atraso (árbitro obrigou o Operário a mudar a cor da camisola, que era branca, porque a parte de trás confundia-se com a do Vitória, que também é branca), os fabris mostraram a sua força e venceram por 1-3 a partida realizada num tapete verde com muita água. 

Um auto golo do guarda-redes Fernando (38’), Rodrigo Simão (61’) e Jarju (90+5’) apontaram os tentos dos fabris que ainda viram Diogo Medeiros falhar um penálti (56’). Paulo Roberto (85’), de penálti, reduziu para a equipa do Vitória.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados