Mares Circulares realiza ação de sensiblização na Caloura

Mares Circulares realiza ação de sensiblização na Caloura

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   12 de Dez de 2018, 09:00

O programa ibérico de limpeza de praias, reservas e fundos marinhos, 'Mares Circulares', organiza uma ação de sensibilização ambiental na Praia Baixa dAreia, na Caloura, concelho de Lagoa, no próximo dia 14 de dezembro.

Entre as 14 e 16 horas, os jovens do Clube de Ciência da Escola de Água de Pau e da ExpoLAB – Centro de Ciência Viva, vão participar nesta atividade prática de monitorização de resíduos, seguindo o protocolo de OSPAR (Convenção para a Protecção do Meio Marinho do Atlântico Nordeste), explica comunicado de imprensa da 'Mares Circulares'.


O objetivo desta iniciativa é permitir que os jovens tenham uma formação técnico-científica na área dos resíduos marinhos e se sensibilizem para esta problemática, incluindo a recolha, correta separação e reciclagem do lixo. E, desta forma, possam criar uma consciência sobre os perigos da dimensão atual do problema e seus reais impactos e desenvolvam uma atitude cidadã para evitar que o lixo chegue aos mares, áreas costeiras e aquáticas.


Os resíduos monitorizados serão apanhados e depositados em sacos de cores de acordo com a categoria (embalagens ligeiras – amarelo; vidro – verde; papel e cartão – azul; outros resíduos indiferenciados – preto). O acompanhamento científico e pedagógico da ação e a transmissão de informação sobre os procedimentos de monitorização do lixo marinho adaptados às idades dos participantes é feita pela associação Chelonia.


Refira-se que o programa de intervenção e voluntariado, 'Mares Circulares', é um projecto da Fundação Coca-Cola e da Coca-Cola European Partners (CCEP). Teve o seu início em agosto com uma ação de limpeza na Praia da Ponta dos Corvos (Seixal), a que se seguiram as praias do Homem do Leme (Porto), do Aterro (Matosinhos), da Ilha de Faro (Algarve) e de Galapinhos (Setúbal). Realizaram-se também acções de sensibilização na Praia da Franquia, no concelho de Odemira e na Praia da Figueirinha, em Setúbal.


A nível ibérico, este programa contempla a limpeza de 80 praias e ambientes aquáticos, num total de 270 quilómetros de costa, em colaboração com instituições e associações locais, autarquias, clubes de vela, ONGs e fundações.


Em Portugal, o projeto está a ser implementado em seis praias do continente e na área protegida AP de Gestão de Recursos da Caloura – Ilhéu de Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.