Açoriano Oriental
Governo da Madeira entrega 362 mil euros a seis famílias afetadas por incêndios em outubro

O Governo da Madeira (PSD/CDS-PP) entregou apoios, num valor global superior a 362 mil euros, a seis famílias cujas habitações foram afetadas pelos incêndios que assolaram o concelho da Calheta, na costa oeste da ilha, em outubro.

Governo da Madeira entrega 362 mil euros a seis famílias afetadas por incêndios em outubro

Autor: Lusa/AO Online

Em comunicado, a Secretaria Regional de Equipamentos e Infraestruturas indica que as ajudas foram concedidas no âmbito do PRID - Programa de Recuperação de Imóveis Degradados, promovido pela empresa pública Investimentos Habitacionais da Madeira (IHM), e vão beneficiar agregados familiares das freguesias da Ponta do Pargo e da Fajã da Ovelha.

O apoio financeiro entregue a cada agregado familiar teve como valor máximo 50 mil euros, quantia cedida com caráter excecional para a realização de obras de recuperação e reabilitação das habitações.

“Face à dimensão dos danos verificados, e considerando a incapacidade financeira destes agregados familiares em colmatar os avultados danos sofridos e suportar os custos inerentes à reabilitação das suas habitações, estes apoios foram entregues a fundo perdido”, esclarece a Secretaria de Equipamentos e Infraestruturas.

No total, os contratos celebrados totalizam 362.331,79 euros.

O processo de reabilitação das casas afetadas conta também com apoio de outras entidades, nomeadamente a Câmara Municipal da Calheta e a ASA – Associação de Desenvolvimento de Santo António.

Os concelhos da Calheta e do Porto Moniz foram os mais afetados pelos incêndios que lavraram entre 11 e 15 de outubro na ilha da Madeira, sendo que o fogo deflagrou inicialmente na freguesia dos Prazeres (Calheta) e depois estendeu-se ao município vizinho do Porto Moniz, já na costa norte da ilha.

A Câmara Municipal da Calheta, o concelho mais extenso da região autónoma, indicou que arderam 70 quilómetros quadrados, cerca de 50% do território, sendo que quatro pessoas ficaram desalojadas na altura e duas casas totalmente destruídas, num total de 14 afetadas.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados