Açoriano Oriental
Bolieiro destaca “capacidade reformista” do PSD

No congresso nacional dos sociais-democratas, o presidente do PSD/Açores lamentou
a tendência para o “abuso” de poder do PS

Bolieiro destaca “capacidade reformista” do PSD

Autor: Rui Jorge Cabral

O presidente do PSD/Açores, José Manuel Bolieiro, afirmou durante o Congresso Nacional do PSD a “capacidade reformista” dos sociais-democratas em contraste com a “tendência para o abuso” do poder por parte do PS.

Citado em nota de imprensa, José Manuel Bolieiro, que falava durante o 41.º Congresso Nacional do PSD, que decorreu em Almada, manifestou também a sua “profunda convicção” de que Luís Montenegro, o líder nacional do partido, fará Portugal “andar para a frente”.

“É já um registo histórico na democracia portuguesa”, afirmou José Manuel Bolieiro, explicando que “o projeto do Partido Socialista é um projeto de poder e, por isso, a tendência para o abuso dele e para os casos e casinhos. O PSD é um partido de governação e tem o compromisso de realizar o desenvolvimento de Portugal”.

O líder dos social-democratas açorianos salientou ainda que o PSD tem a “missão de governar” e “resolver problemas do país”, em prol do “bem-estar dos portugueses e do progresso económico e social de Portugal”.

Falando aos congressistas sociais-democratas, José Manuel Bolieiro considerou também que “somos um projeto de governação. Nós não temos a ambição do poder. Temos sim a missão de governar e resolver problemas, estimulando as oportunidades de desenvolvimento para Portugal”.

O presidente do o PSD/Açores considerou igualmente que os sociais-democratas têm um “projeto de governação reformista e que não faz arrastar o passado para o futuro”, insistindo na comparação com o PS: “esta é a oferta do Partido Socialista: arrastar o nosso passado para o nosso futuro. O projeto social-democrata é abrir horizontes com capacidade reformista. Não é aceitável que os nossos sistemas de Educação, Saúde e Justiça estejam como estão”, disse.

Num discurso centrado sobretudo nas questões nacionais, José Manuel Bolieiro não falou da crise política na Região, embora não tenha deixado de afirmar que  “nos Açores trabalhamos assim: em nome do futuro e não do passado arrastado para o nosso presente”.

Por fim, o presidente do PSD/Açores expressou a sua “profunda convicção” de que a “serenidade, determinação, competência e compromisso” de Luís Montenegro “farão Portugal andar para a frente”.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados