Furação "Lorenzo" gerou centenas de milhares de euros de prejuízos em embarcações

Furação "Lorenzo" gerou centenas de milhares de euros de prejuízos em embarcações

 

Lusa/AO Online   Regional   8 de Out de 2019, 06:05

O líder das Pescas dos Açores disse que há duas embarcações “totalmente danificadas” e outras três com “danos ligeiros” nas Flores devido à passagem do furacão "Lorenzo”, estimando-se prejuízos de centenas de milhares de euros.

O presidente da Federação de Pescas dos Açores (FPA) Gualberto Rita, que se deslocou ao porto das Lajes das Flores, para uma avaliação no local dos prejuízos, com seguradoras e Governo Regional, referiu, em declarações à agência Lusa, que existem, entretanto, 25 pescadores impedidos de irem ao mar.

O dirigente adiantou que "há a garantia da empresa pública Portos dos Açores que, “até final da semana, deve haver condições para operar dentro do porto de pesca” das Lajes das Flores.

“Mas continuamos com um problema: é necessário uma grua que possa possibilitar colocar os barcos na água e retirá-los, estando esta análise a ser feita de forma próxima com a Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia”, afirmou o responsável pelo setor das pescas.

O líder da FPA pretende que os pescadores das Flores “não sejam afetados nos seus rendimentos”, fazendo-se com que “regressem ao mar o mais rapidamente possível”.

O responsável admite a hipótese de se requerer que o Fundopesca - Fundo de Compensação Salarial dos Profissionais da Pesca dos Açores, seja acionado pontualmente, se a situação se arrastar, para a comunidade piscatória das Lajes das Flores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.