Câmara de Ponta Delgada assina protocolo com 24 instituições particulares de solidariedade social do concelho

Câmara de Ponta Delgada assina protocolo com 24 instituições particulares de solidariedade social do concelho

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   18 de Jul de 2018, 16:18

A Câmara Municipal de Ponta Delgada, presidida por José Manuel Bolieiro, procedeu ao início da tarde desta quarta-feira à assinatura dos protocolos com 24 instituições particulares de solidariedade social do concelho (IPSS).

De acordo com comunicado da autarquia, este apoio ascende aos 141.700,00 euros e respeita ao presente ano de 2018; o apoio por subsídio inclui 22 IPSS, num total de 55.000,00 euros; o apoio por Protocolo de Desenvolvimento, por seu turno, abrange cinco instituições, num total de 86.700,00 euros.

Na ocasião, José Manuel Bolieiro, presidente da autarquia congratulou-se com o papel essencial das IPSS no apoio ao Estado em matéria de intervenção social. “O Estado não pode desistir da sua função solidária, mas também não pode impedir – deve antes apoiar - que os impulsos cívicos surjam nesta área e complementem as responsabilidade do Estado”, defendeu.

O autarca acrescentou que a forma como os apoios são atribuídos no Município a que preside garante às instituições “previsibilidade, mas também independência, autonomia e pluralidade de financiamento”.

Foram assinados Protocolos de Desenvolvimento com a APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (Gabinete de Apoio à Vítima de Ponta Delgada), Associação de Doentes de Dor Crónica dos Açores (“Projeto de Envelhecimento Ativo”), Centro Paroquial de Bem-Estar Social de São José (“Projeto RecrEar – Requalificar o Recreio”), Instituto Margarida de Chaves e UMAR – Associação para a Igualdade das Mulheres.

Também foram formalizados os apoios por subsídio a 22 IPSS do concelho, sendo que cada uma irá receber um apoio de 2.500,00 euros: ACAPO- Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal, Alternativa – Associação Contra as Dependências, Associação Alzheimer Açores, Associação Atlântica de Doentes Machado-Joseph, Associação de Doentes de Dor Crónica dos Açores, Associação de Pais e Amigos das Crianças Deficientes do Arquipélago dos Açores, Associação de Paralisia Cerebral de São Miguel, Associação de Surdos da Ilha de São Miguel, Associação para o Planeamento Familiar, Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo, Associação USenior, Casa de Povo de Capelas, Casa do Povo da Fajã de Baixo, Casa do Povo de Santo António, Centro de Terapia Familiar e Intervenção Sistémica, Centro Paroquial de Bem-Estar Social de São José, Centro Social e Paroquial da Fajã de Baixo, Centro Social e Paroquial Nossa Senhora das Neves, Instituto Bom Pastor- Lar Filomena da Encarnação, Novo Dia, Solidaried’arte – Associação de Integração pela Arte e pela Cultura e UMAR – Associação para a igualdade das Mulheres.





Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.