Benfica reentra na luta pela qualificação

Benfica reentra na luta pela qualificação

 

Lusa/AO   Futebol   24 de Out de 2007, 21:26

O Benfica conquistou hoje a primeira vitória na Liga dos Campeões em futebol, ao impor-se por 1-0 na recepção aos escoceses do Celtic de Glasgow, em jogo da terceira jornada do grupo D, reentrando na corrida pelos oitavos-de-final
Um golo tardio de Óscar Cardozo permitiu hoje ao Benfica manter as esperanças de alcançar os oitavos-de-final da Liga dos Campeões de futebol, ao bater os escoceses do Celtic por 1-0, na terceira jornada da prova.
No Estádio da Luz, o avançado paraguaio, assistido pelo argentino Di Maria, facturou aos 87 minutos e "ofereceu" aos "encarnados" a primeira vitória na actual edição da "Champions", bem como o primeiro triunfo de José António Camacho na competição, num encontro que assinalou o 50º jogo de Rui Costa na prova.
Com este resultado, o Benfica, que voltou assim na Luz a vencer os campeões escoceses, depois do triunfo na época passada por 3-0, abandona o último lugar do Grupo D e ocupa agora o terceiro posto, com três pontos, em igualdade com o Celtic.
Apesar de ter Zoro e Edcarlos recuperados, Camacho optou por recuar o médio grego Katsouranis para o centro da defesa, ao lado de Luisão, com Leo e Maxi Pereira nas laterais, e apostou no camaronês Binya no lugar de "trinco", com Rui Costa e Nuno Assis a terem a obrigação de organizar os ataques dos "encarnados".
Na frente, o técnico espanhol apresentou uma linha atacante totalmente sul-americana, com o paraguaio Óscar Cardozo, a segunda contratação mais cara da história do Benfica, no lugar de ponta-de-lança, prontamente apoiado pelo argentino Bergessio e com o uruguaio Cristian Rodriguez, nas alas.
Por seu lado, o técnico dos "católicos", Gordon Strachan, teve um boa notícia de última hora com a recuperação do "capitão" McManus, mas surpreendeu ao deixar no banco de suplentes o japonês Nakamura, o melhor jogador do campeonato escocês na época passada, optando pelo neo-zelandês Chris Killen na frente de ataque, apoiado pelo rapidíssimo McGeady.
Num Estádio da Luz a "meio-gás", vestido de vermelho e verde, graças aos cerca de 10 mil barulhentos adeptos do Celtic que "invadiram" hoje a capital portuguesa, o Benfica entrou na partida nervoso, com os jogadores "encarnados" a mostrarem-se desinspirados e algo preguiçosos nos lances ofensivos, com muitas perdas de bola e passes falhados a meio campo. 
Perante um certo "adormecimento" contrário, os escoceses aproveitaram o nervosismo dos "encarnados" e por duas vezes assustaram Quim, através de remates de Donati (32 minutos) e Brown (39), com o guarda-redes do Benfica a ter que se aplicar no primeiro lance, ao defender o "tiro" do médio italiano para canto.
A única oportunidade dos homens de Camacho na primeira parte surgiu já perto do intervalo, graças a um remate de cabeça de Katsouranis, que o polaco Boruc defendeu apenas com a ponta dos dedos.
No regresso dos balneários, o Benfica empregou mais velocidade no jogo, com Cristian Rodriguez em destaque, e quase que chegou à vantagem através de um bom cabeceamento de Cardozo, que o guarda-redes do Celtic correspondeu com uma grande defesa, depois de um centro do médio uruguaio.
Depois de dois remates perigosos dos escoceses - Killen (56) e McGeady (58) -, Camacho "revolucionou" o ataque com a entrada de Di Maria e Adu e quase que o Benfica chegava ao golo, novamente com Cardozo na jogada, desta vez a acertar violentamente na barra, após defesa incompleta de Boruc a remate de Rodriguez.
Pouco depois, o "azarado" avançado do Paraguai voltou a acertar no poste da baliza do guardião polaco, depois de uma boa jogada na área dos "católicos".
Aos 87 minutos, numa altura em que o Benfica já demonstrava algum cansaço, Di Maria isolou Cardozo com um passe entre a defesa escocesa, com o paraguaio a não ter dificuldades em bater Boruc e a garantir a primeira vitória da formação da Luz na Liga "milionária".
O próximo encontro dos "encarnados" na "Champions" é novamente frente aos campeões escoceses, a 06 de Novembro, desta vez no Celtic Park, em Glasgow.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.