Sobe para 15 o número de mortos em novo atentado na Rússia

Sobe para 15 o número de mortos em novo atentado na Rússia

 

Lusa/AO Online   Internacional   30 de Dez de 2013, 05:50

Pelo menos 15 pessoas morreram hoje e outras 23 ficaram feridas na sequência de um novo atentado à bomba na cidade russa de Volgogrado, disse o vice-governador da região, Valisi Galushkin.

"Isto é horroroso", afirmou, no local, Valisi Galushkin, em declarações à agência Interfax, citadas pela Efe, sublinhando que o balanço das vítimas do atentado é, contudo, preliminar.

O artefacto explodiu, esta manhã, no interior de um trólei do sistema de transporte público de Volgogrado.

Segundo a televisão russa, o trólei - um meio comum de transporte nas cidades russas - ficou completamente destruído.

O porta-voz do Comité de Instrução russo, Vladimir Markin, confirmou ter-se tratado de um atentado terrorista, anunciando a abertura de um inquérito.

"Foi aberta uma investigação por terrorismo e tráfico de explosivos", acrescentou o mesmo responsável, em declarações às agências russas.

O Comité Nacional Antiterrorista da Rússia adiantou que os primeiros dados indicam que o atentado não foi perpetrado por um terrorista suicida, mas antes que a bomba foi colocada no interior do trólei, que se dirigia para o centro da cidade.

Este atentado é o segundo em menos de 24 horas em Volgogrado: no domingo, uma bombista suicida fez-se explodir na estação de comboios, causando 17 mortos e 45 feridos, de acordo com os mais recentes dados oficiais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.