Governo

Sócrates afasta hipótese de moção de confiança

Sócrates afasta hipótese de moção de confiança

 

Lusa / AO online   Nacional   16 de Out de 2009, 12:08

O primeiro-ministro indigitado afirmou quinta-feira que o Governo terá como base o programa do PS, afastou a apresentação de uma moção de confiança no Parlamento, mas disse esperar que a oposição não avance com moções de rejeição.
“Depois da nomeação presidencial, nós apresentaremos o programa do Governo na Assembleia da República e discuti-lo-emos. A base política da governação – essa foi a vontade expressa pelos portugueses – deve ser o programa político do PS”, declarou José Sócrates na conferência de imprensa, que se segui à ronda com os partidos para aferir soluções de governabilidade.

Interrogado sobre a possibilidade de o PS apresentar uma moção de confiança ao novo Governo na Assembleia da República, José Sócrates afastou essa hipótese.

“Julgo que a confiança que obtivemos nas urnas é muito clara – e isso é o mais importante. Espero naturalmente, como alguns dos partidos disseram (não todos), que as moções de rejeição ao programa do Governo não apareçam. Mas enfim, cada um fará aquilo que achar que deve fazer e cada um assumirá as suas responsabilidades”, advertiu na sua resposta.

Em sucessivas declarações, o primeiro-ministro manifestou a sua confiança de que o novo executivo cumpra a legislatura de quatro anos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.