Líder da JSD/Açores diz que jovens não estão afastados da política mas sim o inverso

Líder da JSD/Açores diz que jovens não estão afastados da política mas sim o inverso

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Ago de 2019, 17:05

O líder da JSD/Açores considerou que não são os jovens que estão afastados da política, mas o inverso, na apresentação da Universidade de Verão, que decorrerá no Faial, entre 29 de agosto e 01 de setembro.

Flávio Soares disse que a iniciativa visa promover esta aproximação, referindo que “quando se vai ao encontro dos jovens estes participam” e “contribuem com ideias e propostas”.

Destacando que nas cinco edições já participaram cerca de 150 alunos, o dirigente, que falava em conferência de imprensa realizada em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, considerou que os jovens têm avançado com propostas “bastante interessantes” para o desenvolvimento dos Açores.

O social democrata adiantou que “muitas delas” são incluídas nos programas do PSD/Açores, nos vários atos eleitorais, como por exemplo nas regionais para a Assembleia Legislativa Regional de 2016.

O líder do PSD/Açores, ainda na conferência de imprensa, destacou o alcance que as universidades de verão possuem por via da “formação cívica dos jovens”, daí o reforço do apoio por parte da atual direção.

Alexandre Gaudêncio sublinhou que “grande parte dos participantes não eram militantes” social-democratas nem tinham “qualquer afinidade política”.

O presidente do PSD/Açores considerou as universidades de verão como “verdadeiras escolas de formação política”, destacando que os formandos depois usam a formação de que foram alvo profissionalmente e na sociedade civil, através do seu ingresso em movimentos cívicos e mesmo partidários, o que é “extremamente positivo”.

A Universidade de Verão do PSD/Açores vai contemplar temas como a Europa, profissões ligadas ao mar e novas oportunidades geradas nesta área, questões autonómicas, turismo e desenvolvimento sustentável.

Como oradores estarão presentes o ex-presidente da Assembleia da República e antigo presidente do Governo dos Açores, Mota Amaral, o ex-líder do PSD/Açores Duarte Freitas e o diretor da OCDE para a Cooperação e Desenvolvimento, Jorge Moreira da Silva, .

Carlos Morais, presidente da Associação de Turismo dos Açores, Guilherme Silva, antigo deputado madeirense na Assembleia da República, são outros dos oradores.

A iniciativa contempla ainda visitas de estudo ao Aquário do Porto Pim – Estação de Peixes Vivos, e ao Observatório do Mar dos Açores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.