Açoriano Oriental
José Manuel Bolieiro reeleito para a Direção da ANMP

José Manuel Bolieiro foi reeleito, este sábado, para o Conselho Diretivo da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), no decorrer do XXIII Congresso Nacional da ANMP, realizado em Portimão e subordinado ao tema "Descentralizar Portugal com o Poder Local".

article.title

Foto: Açoriano Oriental/Pedro Amaral
Autor: Joana Medeiros/AO online

Assim, de acordo com nota de imprensa da autarquia,o presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, eleito pela primeira vez para a direção executiva da associação em 2013, pertenceu agora à lista única encabeçada pelo socialista Manuel Machado, presidente da Câmara Municipal de Coimbra.

De acordo com a mesma fonte, a direção da referida associação nacional é constituída também pelos presidentes de câmara Ribau Esteves (Aveiro), Isilda Gomes (Portimão), Miguel Costa Gomes (Barcelos), Almeida Henriques (Viseu), Alfredo Monteiro (Seixal), Rui Santos (Vila Real), Rogério Bacalhau (Faro), Nuno Mocinho (Elvas), José Leonardo Silva (Horta), Paulo Santos (Batalha), Marco Martins (Gondomar), Pedro Folgado (Alenquer), Pedro Ferreira (Torres Novas), Fernando Queiroga (Boticas) e Alberto Mesquita (Vila Franca de Xira).

No congresso foram debatidos temas como a descentralização administrativa e a transferência de competências para as autarquias locais e entidades intermunicipais, e também as finanças locais e o Quadro Comunitário Portugal 2020, especialmente na perspetiva do próximo período de programação Pós 2020
.
O XXIII Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses contou ainda com as participações do Primeiro-Ministro, António Costa, na sessão de abertura, e do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na sessão de encerramento.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.