Açoriano Oriental
Governo dos Açores entrega nova viatura SIV na ilha Terceira

A secretária regional da Saúde afirmou, esta quarta-feira, em Angra do Heroísmo, na entrega de uma nova viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV), que este investimento vai garantir “mais segurança para o socorro às populações, que é a nossa missão principal, e também para os profissionais de saúde”.


Foto: GaCS/SRS
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Com o recente investimento de 90 mil euros em três viaturas, os Açores passam a contar com oito veículos SIV, melhorando a frota e criando uma bolsa de reserva, para assegurar que “estamos sempre preparados para o socorro às populações”, salientou Teresa Machado Luciano, citada em nota do executivo.


Refira-se que uma das três novas viaturas SIV foi entregue, no final de 2019, em Ponta Delgada, e a terceira será entregue no concelho da Ribeira Grande, que verá os seus meios reforçados ainda este mês.


De acordo com a mesma nota, em 2019, as viaturas SIV foram ativadas 2.971 vezes, das quais 1.183 em Ponta Delgada, serviço que atingiu o maior número de intervenções, e 852 na ilha Terceira.


À margem da cerimónia de entrega da viatura no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, Teresa Machado Luciano afirmou que a ilha do Pico apresenta uma “situação otimizada”, com a viatura SIV em pleno funcionamento.


Relativamente às obras de beneficiação do Centro de Saúde das Lajes do Pico e na sequência da deteção de vulnerabilidades na estrutura de suporte da cobertura, referiu que “tem de ser feito um concurso para a mudança do teto e depois continuar a obra, tudo sempre em segurança e em prol da população”.


O serviço SIV, criado em 2012, cobre atualmente 12 concelhos das ilhas de S. Miguel, Terceira, Faial e Pico, num total de 114 profissionais, dos quais 25 na ilha Terceira, divididos entre enfermeiros e tripulantes de ambulâncias de socorro.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.