Saúde

Cuidados primários falham na saúde genital

Cuidados primários falham na saúde genital

 

Luisa Couto   Regional   8 de Nov de 2009, 07:30

Continuam a chegar à consulta de ginecologia do Hospital do Divino Espírito Santo (HDES)de Ponta Delgada, quase por rotina, muitos pedidos de observação, em alguns casos, com suspeitas de infecção pelo Vírus do Papiloma Humano (HPV).

"Isso não devia acontecer porque não temos capacidade de resposta para todos. É pena, porque a nossa intenção era chegar a esses casos que, na sua maioria, são tratáveis", sustenta o director do Serviço de Ginecologia /Obstetrícia do HDES, Carlos Ponte, invocando o número de meios humanos disponíveis na referida unidade hospitalar. "É que chegam a ser registados casos de cancro no colo do útero em senhoras com 70 anos, o que quer dizer que, seguramente, nunca fizeram rastreio", revela o especialista. Uma situação que, segundo o mesmo, se deve a algumas falhas ao nível dos cuidados de saúde primários, nomeadamente, nos postos e centros de saúde, onde, sustenta Carlos Ponte, os profissionais são "poucos e estão sobrecarregados". *Leia a notícia na íntegra na edição deste domingo, dia 8 de Novembro de 2009, do Açoriano Oriental


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.