Crise faz voar menos gente para o Dia de Acção de Graças


 

Lusa / AO online   Internacional   27 de Nov de 2009, 18:01

A crise também chegou ao Dia de Acção de Graças, que se celebrou quinta-feira nos Estados Unidos: menos 200 mil norte-americanos viajaram este ano de avião até casa de familiares e amigos para comer o tradicional peru.
A data, evocada pelos primeiros colonos em sinal de agradecimento a Deus pela ajuda dada nas primeiras colheitas, é festejada desde a presidência de Abraham Lincoln (1861-1865) como feriado nacional.

Neste dia, correspondente à última quinta-feira de Novembro, não faltam nas mesas das famílias norte-americanas o milho, a abóbora, a batata e, claro, o peru.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.