Gripe A

Vacinação de crianças com muita procura

Vacinação de crianças com muita procura

 

Lusa/AO Online   Nacional   22 de Dez de 2009, 13:20

A ministra da Saúde afirmou hoje que muitas pessoas ligaram para os centros de saúde para marcarem a vacinação contra a gripe A (H1N1) depois de esta ter sido alargada às crianças até aos 12 anos.

“A informação que temos ainda é muita pequena mas houve muitas pessoas a ligarem para os centros de saúde para marcar a vacinação. A dose não é unitária, são frascos que dão para dez pessoas, nas crianças para 20, pois até aos dez anos é meia dose. Para podermos gerir bem, pede-se para [as pessoas] telefonarem e marcarem para o dia mais adequado”, disse Ana Jorge, após uma visita à Urgência Pediátrica e ao Serviço de Pediatria do Hospital Garcia de Orta, em Almada.

A vacinação das crianças até aos 12 anos, incluídas no grupo C e cuja vacinação estava prevista para Janeiro, foi antecipada e começou na segunda-feira.

“Existiu a possibilidade de se vacinar o grupo C e antecipamos o grupo das crianças até aos 12 anos. O vírus veio para tomar conta de todos os [outros] vírus e, pelo que se sabe, praticamente todas as viroses são H1N1”, disse.

“Essa é a razão para que [a vacinação] seja feita para os grupos de risco e progressivamente se alargue a toda a população, pois o que se prevê é que a gripe do próximo Inverno seja H1N1 e com mais pessoas vacinadas a possibilidade se ter uma epidemia é menor”, acrescentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.