Açoriano Oriental
Rússia declara que relações diplomáticas com os EUA não são uma prioridade

Uma autoridade russa declarou que as relações diplomáticas da Rússia com os Estados Unidos não são uma grande prioridade, mas garantiu que os russos não vão provocar uma quebra desta ligação entre os dois países.

Rússia declara que relações diplomáticas com os EUA não são uma prioridade

Autor: Lusa/AO Online

"As relações diplomáticas em si não são um totem a ser adorado, não são uma vaca sagrada com a qual todos se preocupam. Mas não tomaremos a iniciativa de as romper", disse o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Ryabkov, em entrevista à agência de notícias Interfax.

Ryabkov acrescentou que Moscovo não tomará medidas nesse sentido devido ao entendimento que “a Rússia e os Estados Unidos têm um papel central na manutenção da segurança e da estabilidade estratégica”.

No entanto, Riabkov indicou que o confisco de bens russos e a subsequente escalada militar, entre outros fatores, poderia desencadear uma “espiral de confronto com uma potencial rutura de relações”.

“Digo isto para que haja total clareza: estamos preparados para qualquer cenário e os Estados Unidos não devem alimentar a ilusão, se existir, de que a Rússia se agarra, como dizem, com ambas as mãos às relações diplomáticas com aquele Estado”, sublinhou o vice-ministro russo.



PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados