Açoriano Oriental
Rui Bettencourt afirma necessidade da irreverência e ousadia dos jovens para o projeto açoriano

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas desafiou este sábado, no Porto, os jovens estudantes açorianos a participarem de forma apaixonada e unida no projeto de desenvolvimento dos Açores.

article.title

Foto: GaCS
Autor: AO Online/ GaCS

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas desafiou este sábado, no Porto, os jovens estudantes açorianos a participarem de forma apaixonada e unida no projeto de desenvolvimento dos Açores.

“Façam o vosso caminho e deixem também a vossa marca nesta caminhada dos Açores nos próximos anos”, afirmou Rui Bettencourt, que falava, em representação do Presidente do Governo, na sessão de abertura do III Encontro Nacional de Estudantes Açorianos.

“A postura é aquela que vocês vão ter para além das vossas competências profissionais que estão a adquirir, a irreverência e a ousadia. Ousadia sem a qual não se faz nada de novo e a irreverência sem a qual não se dá novos passos por caminhos novos, portanto tenham essa irreverência e essa ousadia e mantenham esse amor aos Açores”, frisou.

Para o titular da pasta das Relações Externas, a estratégia é fazer com que tenham “uma Região mais desenvolvida, com maior coesão social e com maior coesão territorial”, minimizando a dispersão geográfica, “que existe, mas que tem que ser minimizada”.

“Em 2076, daqui a 56 anos, vai comemorar-se o centenário da governação autonómica da Região Autónoma dos Açores e, quando pararmos daqui a 56 anos para olhar para trás, vocês vão reparar que vocês foram fundamentais, foram aqueles que marcaram estes Açores que, ao longo deste século XXI, vão ser feitos”, considerou Rui Bettencourt.

Na sua intervenção, o Secretário Regional salientou ainda o facto de existirem “muitos desafios” pela frente, quer nas acessibilidades com os transportes, quer no acesso dos Açorianos à saúde, quer no sucesso da educação, quer na criação de riqueza, quer na qualidade do emprego, sublinhando que “esses desafios são colocados todos os dias ao Governo dos Açores”.

“Estamos aqui a tomar consciência de que são vocês e a vossa geração que vai moldar os Açores ao longo das próximas décadas. Neste século XXI vocês vão ser aqueles que vão fazer os Açores, ou seja, a vossa geração está no momento em que começa a colocar em prática a ação pelos Açores”, disse o secretário regional.

Nesse sentido, considerou que este encontro de estudantes Açorianos “é o momento de tomada de consciência coletiva do que é ser Açoriano hoje”.

Rui Bettencourt falou ainda do Conselho da Diáspora Açoriana, explicando aos jovens estudantes a sua estrutura e os seus objetivos, bem como o processo de registo de todos os Açorianos que se encontra a decorrer na plataforma 'Açorianos no Mundo', sublinhando que se pretende que “qualquer Açoriano, esteja onde estiver, seja de que geração for, participe no projeto açoriano”.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.