Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   21 de Set de 2007, 07:23

A saída de José Mourinho do comando técnico do Chelsea, o castigo da Comissão de Disciplina da UEFA a Luiz Filipe Scolari e os últimos desenvolvimentos do caso Maddie são temas hoje abordados nos jornais diários lisboetas.
 “Mourinho põe Scolari em risco” é a manchete do Correio da Manhã, considerando que rescisão com o clube inglês abre portas da selecção a José Mourinho.

    Sobre o castigo imposto pela Comissão de Disciplina da UEFA (quatro jogos de castigo pela agressão a jogador sérvio Dragutinovic), o jornal diz que Luiz Filipe Scolari tem o lugar em risco.

    O jornal avança que José Mourinho é o nome mais apontado para substituir o técnico brasileiro.

    O CM adianta na capa que o casal McCann contratou Bastonário da Ordem dos Advogados, Rogério Alves, para a defesa, juntando-se assim ao advogado Pinto de Abreu.

    “Lei permite pena mais leve a abusos sexuais”, “Ministro [das Finanças] anunciou novo director [dos impostos]” e “Mãe e filho morrem em fossa” em Cinfães são outras chamadas de capa do CM.

    O 24horas notícia “Amigo desmente versão dos McCann”, realçando que Maddie não foi vista com os dois pais na tarde do dia em que desapareceu.

    Segundo o 24horas, um dos sete ingleses do grupo de férias de Kate e Gerry garante que deixou de ver Maddie por volta das 14:30, muito antes de ter sido dado o alarme.

    A testemunha afirma que o casal passou a tarde separados e não num restaurante com os filhos, ao contrário do que até agora foi relatado, escreve o diário.

    O 24horas titula “Encontrei 23 homens a chorar no balneário”, uma frase de José Mourinho após anúncio da saída do Chelsea.

    O jornal destaca ainda que o actor da série Batanetes, Pedro Alpiarça atirou-se da janela de um hospital de Lisboa e morreu.

    O Jornal de Notícias escolheu hoje para manchete “Superior está a aumentar propinas até ao máximo”.

    De acordo com o matutino, em 18 universidades e faculdades do Estado passou a cobrar-se o máximo legal de 949 euros.

    Contrariando a tendência, Faculdade de Farmácia de Lisboa baixou as propinas em 2,13 por cento, menos 20 euros por ano, acrescenta o JN.

    O destaque fotográfico do JN vai hoje para o funeral da jovem assassinada em Coimbra pelo ex-namorado.

    “Supremo Tribunal [Justiça] trava pedidos de libertação”, “Ministro [Finanças] escolhe universitário para chefiar impostos” e “Frank Gehry sai de vez da cena do parque Mayer” são outros assuntos abordados no JN.

    Sobre a saída de Mourinho do Chelsea, o JN destaca uma fotografia de adeptos à porta do estádio com uma faixa a dizer: “José Mourinho simply the Best [José Mourinho simplesmente o melhot]”.

    O jornal salienta ainda que Luiz Filipe Scolari vai recorrer dos quatro jogos aplicados pela UEFA.

    “[Mário] Soares ajudou a Galp a negociar com [Hugo] Chavez” é a manchete do Diário de Notícias.

    De acordo com o DN, Mário Soares terá aproveitado as suas boas relações pessoais com o governo venezuelano para ajudar a abrir portas às conversas entre a Galp Energia e a Petróleos da Venezuela para uma parceria estratégica na área do petróleo e do gás.

    Sobre a saída de José Mourinho do Chelsea, o DN escreve “37 milhões só se não treinar até 2010”.

    O DN salienta ainda que Luiz Felipe Scolari recorre de pena de quatro jogos imposta pela UEFA.

    “O matutino titula ainda “Estilo de vida provoca 60 por cento dos cancros”, “Actor [Pedro Alpiarça] de Batanetes atira-se de janela” de Hospital Santa Marta, “Já há bancos a dar 10 por cento de juros” e “Lisboa conta com Londres na cimeira” UE/África.

    “Rogério Alves defende pais de Madeleine” é outro tema em destaque no DN.

    O Público noticia que “Mugabe garante que virá a Portugal e Brown ameaça com ausência”.

    De acordo com o jornal, a diplomacia portuguesa tentou desdramatizar o anúncio do primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, de que não participará na cimeira entre a União Europeia e a União Africana caso o presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe, esteja presente.

    A cimeira está prevista para 08 e 09 de Dezembro em Lisboa.

    “Parque Mayer: Concurso de ideias volta a abrir as portas ao teatro de revista” é outro título do Público.

    A autarquia quer transformar o Parque Mayer num “centro vivo de animação, de teatro, cinemas, música e lazer”, refere o jornal.

    “Novos Médicos: Bastonário acusa ministério de manipular dados”, “Testes de alcoolemia: Condutores têm de pagar viagem de contraprova” e “Bin Laden declara guerra a Musharraf [presidente do Paquistão]” são temas abordados no Público, que destaca ainda saída de José Mourinho do Chelsea.

    O Diário Económico avança na primeira página “TV Cabo nas mãos da Caixa, BES e BPI”, salientando que a PT Multimédia, dona da TV Cabo, vai ser independente da Portugal Telecom e passa a ser dominada por três bancos.

    O DE anuncia na capa que José Azevedo Pereira é o sucessor de Paulo Macedo na Direcção-Geral de Contribuições e Impostos.

    O económico destaca ainda “Calcular a reforma na `net´ em dez passos”, “Líderes da Sonae e Vodafone avaliam crise”, “José Mourinho mantém contrato de 4 milhões” e “Teixeira Duarte só convoca nova assembleia do BCP com maioria garantida”.

    O Jornal de Negócios chama à primeira página “Sonangol [petrolífera angolana] reforça e já tem mais de 4 por cento do BCP”.

    O económico refere também na capa que continuam as negociações para um novo modelo de governação do BCP, lideradas pela Teixeira Duarte, em que se propõe a continuação de Filipe Pinhal como presidente da comissão executiva.

    “Aeroporto em Alcochete? José Sócrates recebe relatório antes da CIP”, “Bolsa: Saiba como atravessar a crise”, “PT Multimédia procura nova identidade” e “Contas electrónicas: Nove em casa dez empresas já cumpriram” são outras chamadas de capa do JdN.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.