Açoriano Oriental
PS/Açores questiona Governo Regional sobre câmaras hiperbáricas

O grupo parlamentar do PS/Açores questionou o Governo dos Açores (PSD/CDS-PP/PPM) sobre para quando está prevista a substituição da câmara hiperbárica do Hospital do Divino Espírito Santo, que se encontra em fim de vida.

PS/Açores questiona Governo Regional sobre câmaras hiperbáricas

Autor: Lusa


Em requerimento submetido à Assembleia Legislativa Regional dos Açores, os deputados socialistas alertam para os “perigos inerentes à situação da inoperacionalidade das duas câmaras hiperbáricas dos Açores, localizadas na Horta e em Ponta Delgada, designadamente para as atividades relacionadas com o mergulho”.

Os socialistas subscritores do requerimento - entre os quais o líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, e o presidente do grupo parlamentar, João Castro - recordam uma missiva “emitida pelo Hospital da Horta e enviada aos operadores turísticos e aos departamentos da Universidade dos Açores, que desenvolvem atividades de mergulho, na qual se comunica que a câmara hiperbárica se encontra inoperacional e que a situação só ficará resolvida no mês de junho próximo”.

O grupo parlamentar do PS/Açores recorda que o Departamento de Oceanografia e Pescas e o Instituto Okeanos têm sede na cidade da Horta, na ilha do Faial, tendo “inúmeras campanhas e operações de mergulho científico planeadas para os próximos meses”.

Os socialistas questionam no requerimento quando foi assinado o contrato, válido por cinco anos, para as manutenções e certificações destes equipamentos, anunciado pela secretária regional da Saúde e se esse substitui outro assinado há um ano.

Os deputados querem ainda saber quando é que o equipamento do Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, será substituído.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados