Açoriano Oriental
Eleições
Montenegro acusa Governo de enviar cartas para induzir voto no PS

O presidente do PSD, Luís Montenegro, acusou hoje o Governo de transpor as funções de gestão e interferir no processo eleitoral através do envio de cartas e informações para induzir o voto no PS.

Montenegro acusa Governo de enviar cartas para induzir voto no PS

Autor: Lusa /AO Online

"Eu tenho feito um esforço para falar o menos possível disso, mas eu quero aqui dizer: o que aconteceu na Administração Pública ao nível de topo e, portanto, da tutela a começar pelo gabinete do primeiro-ministro e pelos gabinetes dos ministros todos nas últimas semanas foi uma vergonha", declarou Luís Montenegro, num comício da Aliança Democrática (AD) em Braga.

Segundo o presidente do PSD, "eles andaram a fazer de conta que não estavam em gestão, eles andaram a mandar cartas, a mandar informação, a mandar uma série orientações às pessoas para ver se, em desespero, ainda votavam no PS".

"É verdade. E esta confusão entre o Estado e o PS tem tido uma consequência: sempre que o PS vai para o Governo o Estado fica todo partido e o partido fica todo no Estado", acrescentou.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados