Caso Madeleine McCann

Ministro marroquino desmente buscas em Marrocos

Ministro marroquino desmente buscas em Marrocos

 

Lusa / AO online   Internacional   5 de Nov de 2007, 10:52

O ministro marroquino do Interior, Chakib Benmoussa, assegurou domingo não existir qualquer razão para pensar que Madeleine McCann se encontra em Marrocos, como indicaram vários jornais britânicos.
“Não temos qualquer elemento novo sobre tal presença em Marrocos”, afirmou Benmoussa à margem da Assembleia-geral da Interpol, que se inicia hoje em Marraquexe.

Vários tablóides britânicos sugeriram sábado que Madeleine McCann podia estar nas montanhas do Rif e que a polícia marroquina estava a seguir essa pista.

Mais precisamente, Maddie teria sido vista pela última vez na cidade de Fnidek, a Este de Tanger.

“Já desenvolvemos muitas acções de cooperação com as polícias portuguesa e britânica, através da Interpol, e até ao momento não tivemos qualquer elemento novo sobre esse dossier”, acrescentou.

“Puderam ver os desenvolvimentos sobre a suposta presença de Maddie em Chefchaouane, que se revelaram falsos”, afirmou o ministro, referindo-se às indicações de uma turista espanhola, em Setembro, que tirou uma fotografia de uma menina parecida com a britânica na montanha do norte de Marrocos.

Mais tarde constatou-se que a menina da fotografia era filha de um habitante da região.

Madeleine McCann, 4 anos, desapareceu a 3 de Maio de um hotel da Praia da Luz, quando os seus pais jantavam com os amigos num restaurante próximo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.