Caso Madeleine McCann

Menina fotografada por turistas espanhóis é marroquina


 

Lusa / AO online   Internacional   26 de Set de 2007, 18:04

A menina loura fotografada em Marrocos por turistas espanhóis não é Madeleine McCann, desaparecida em Maio no Algarve, mas uma criança marroquina, segundo um fotógrafo da agência francesa AFP que esteve hoje com a menor e a sua família.

O nome da menina que aparece na fotografia é Bouchra Benaisse e nasceu em 24 de Outubro de 2004 em Zinat, perto de Tetuan (Norte de Marrocos), disseram Ahmed Ben Mohamed Benaissa, o pai da criança, e Hafida Achkar, a mãe.

O casal de camponeses mostrou ao fotógrafo da AFP os registos de nascimento da menina e os documentos que provam a identidade de todos os elementos da família.

Os inspectores encarregues das investigações para encontrar Madeleine receberam terça-feira a fotografia de uma menina loira parecida com a filha dos McCann tirada no Norte de Marrocos no fim de Agosto, segundo a porta-voz da família.

A fotografia mostra uma menina loira transportada às costas de uma mulher marroquina e foi tirada a 31 de Agosto em Zinat, no norte de Marrocos, por uma turista espanhola, Clara Torres.

Torres decidiu segunda-feira mostrar a fotografia à polícia depois de ter sabido pela imprensa que duas testemunhas afirmaram ter visto Maddie em Marraquexe, também em Marrocos, alguns dias após o seu desaparecimento a 03 de Maio, revelou Mitchell.

"A semelhança (com Madeleine) é impressionante", afirmou Torres na rádio espanhola COPE.

Os pais da menina, Kate e Gerry McCann, foram constituídos arguidos a 07 de Setembro e dois dias depois abandonaram Portugal para regressar a Inglaterra.

Kate e Gerry McCann são, segundo os seus porta-vozes, suspeitos de homicídio involuntário e de ocultação de cadáver.

No entanto, os McCann não deixam de clamar a sua inocência e apelam à continuação das buscas para tentar encontrar a sua filha, hoje com quatro anos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.