Marinheiros espanhóis identificados pela polícia após terem arrancado bandeira portuguesa da nau "Santa Maria"


 

Lusa / AO online   Nacional   28 de Set de 2008, 12:24

Vários militares espanhóis de uma frota de navios de guerra daquele país que se encontra na Madeira foram sábado identificados pelas autoridades após vandalismo na nau "Santa Maria", da qual arrancaram a bandeira portuguesa, disse hoje fonte oficial.
    De acordo com Coelho Cândido, comandante do Comando Naval da Madeira, os marinheiros, que saiam de uma discoteca, invadiram a embarcação, uma réplica da Nau "Santa Maria" que se destina a passeios turísticos, provocando pequenos danos e arrancando a bandeira portuguesa.

    "Foram identificados pelos agentes da PSP que se encontravam muito perto do local e posteriormente os factos foram transmitidos à Polícia Marítima", disse.

    Os marinheiros foram conduzidos às suas embarcações, onde foi comunicado o incidente.

    O proprietário da embarcação poderá apresentar queixa contra os marinheiros espanhóis identificados por invasão de propriedade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.