Açoriano Oriental
Homem detido nos Arrifes por crime de tráfico de estupefacientes

A PSP, através de polícias da Brigada Anticrime da Esquadra de Investigação Criminal, deteve, em flagrante delito, na freguesia dos Arrifes, em Ponta Delgada, um homem de 23 anos, por fortes suspeitas da prática do crime de tráfico de estupefacientes.

Homem detido nos Arrifes por crime de tráfico de estupefacientes

Autor: AO Online

De acordo com comunicado, foi "montada uma operação policial que permitiu surpreender o suspeito na posse de 27 doses individuais de heroína, existindo fortes suspeitas de que se encontravam na iminência de serem transacionadas".

Na sequência de uma busca ao domicílio do suspeito foi, ainda, possível apreender outras 53 doses individuais de heroína, totalizando 80 doses.

Ainda no âmbito da operação foram apreendidas quantias monetárias e outros objetos relacionados com a prática do crime.

O comunicado da PSP, refere, ainda, que no seguimento de um mandado de detenção, elementos da Esquadra da Lagoa, detiveram um homem de 38 anos, para cumprir pena de prisão de 200 dias.

O mesmo foi condenado pela prática de um crime de ofensas graves à integridade física contra a sua progenitora, cinco crimes de ameaça agravada e um crime de injúrias contra elementos policiais.

O detido foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada.

Na ilha Terceira, no seguimento de cumprimento de dois mandados de detenção para cumprimento de pena, foram detidos homens, de 41 e 23 anos.

“O detido de 41 anos procedeu ao pagamento da multa e foi libertado de imediato. O homem de 23 anos foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Angra do Heroísmo, para cumprir dois anos e dois meses de prisão efetiva pelo suposto crime contra a propriedade.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.