Açoriano Oriental
GNR dos Açores deteve homem procurado desde 1991

A GNR dos Açores deteve, na passada sexta-feira, em São Roque do Pico, um homem de 48 anos sob o qual pendia um mandado de detenção por ter fugido da prisão em 1991, anunciou esta sexta feira aquela força policial.

article.title

Foto: AO / Rui Jorge Cabral
Autor: AO Online/ Lusa

O suspeito foi detido em 31 de janeiro pela GNR, depois de esta força ter constatado “que o documento de identificação e carta de condução eram falsos”.

Presente no Tribunal Judicial de São Roque no dia 01 de fevereiro, o homem ficou “sujeito à medida de coação de prisão preventiva”, avança o comunicado enviado hoje pelo Comando Territorial dos Açores.

“As diligências possibilitaram concluir que se trata de um cidadão português sob o qual pendia um mandado de detenção europeu para cumprir cinco anos e cinco meses referentes a um processo de tráfico de droga e posse de arma proibida, encontrando-se evadido desde uma saída precária em 1991”, explica o comunicado.

O comando açoriano esclarece que a detenção ocorreu no decorrer de uma operação de fiscalização num parque de mercadorias de um transitário em São Roque do Pico, no âmbito da qual “os militares abordaram um homem que se identificou como cidadão espanhol, através do documento de identificação”.

“O suspeito estava a carregar para o interior de um veículo de aluguer caixas de ferramentas para comercializar, não apresentando documentos de transporte. Efetuadas diligências policiais, apurou-se que o documento de identificação e carta de condução eram falsos”, lê-se no comunicado.

A GNR apurou ainda que “as caixas de ferramentas que o suspeito tinha em sua posse para comercializar eram contrafeitas, pelo que a mercadoria foi apreendida e [foi] elaborado novo auto de notícia pelo crime de contrafação e uso ilegal de marca”.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.