Fotógrafo João Freitas inaugura exposição "A Cor na Noite" na sala de exposições da Ordem dos Engenheiros

Fotógrafo João Freitas inaugura exposição "A Cor na Noite" na sala de exposições da Ordem dos Engenheiros

 

AO Online   Regional   2 de Dez de 2018, 11:33

Em “A Cor na Noite”, o fotógrafo capta o edificado da malha urbana da cidade de Ponta Delgada, “desflorando ângulos e perspetivas tranquilas, envoltas na serenidade que só a paz noturna consegue”, descreve Paulo Moniz, Presidente do Conselho Diretivo da Região Açores da OE, acrescentando que “A cor, o realce das tonalidades da cor, são conseguidos com o isolamento da incidência da luz em pontos criteriosamente selecionados, como se fossem naturalmente assim na realidade”. 

“Arte é engenharia”, pode ler-se na sala de exposições da ordem, que está sediada num edifício, que foi regenerado.

Paulo Moniz, destacou a relação “profícua” mantida com o município de Ponta Delgada.

Referindo-se à exposição que vai estar patente até 30 de dezembro, José Manuel Bolieiro felicitou o fotografo João Freitas pelo talento e por procurar valorizar a cidade, afirmando o seu gosto e orgulho com sentimento de pertença a Ponta Delgada.

João Freitas é natural de Ponta Delgada. A emblemática zona piscatória da Calheta Pêro de Teive, onde cresceu, teve um grande impacto no seu espólio, altamente centralizado nas tradições culturais do povo açoriano. É fotojornalista profissional desde 1980, tendo publicado dezenas de trabalhos em órgãos de comunicação social regionais, nacionais e internacionais.

O Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada enalteceu o contributo da Ordem dos Engenheiros - Região Açores para a “valorização de Ponta Delgada enquanto destino de cultura, de conhecimento e de descoberta de talentos”. 

José Manuel Bolieiro, que falava na inauguração da exposição fotográfica de João Freitas “A Cor na Noite”, patente na sala de exposição da Ordem dos Engenheiros, reconheceu estar perante um “verdadeiro parceiro, com capacidade técnica, mas também intelectual”.

O edil destacou o dinamismo de Paulo Moniz, expresso nas atividades que a Ordem tem realizado e que têm contribuído para a valorização de Ponta Delgada. As iniciativas de índole cultural, como as exposições, são exemplo disso.

"E a partir do próximo ano as Reservas Municipais - peças representativas de um determinado tempo e espaço e que marcam, por isso, a vida quotidiana da edilidade e das suas relações institucionais - vão poder ser apreciadas na Sala de Exposições da Ordem dos Engenheiros, localizada no Largo de Camões", anunciou o Presidente da Câmara. Uma forma de potenciar o espaço e de fazer com que o espólio cultural municipal seja apreciado por um público mais vasto.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.